domingo, 18 de junho de 2017

BRASÍLIA: SAIBA COMO SERÁ A NOVA BOATE LGBT “CAPITAL CLUB” NO DISTRITO FEDERAL


O empresário Bruno Rodriguez inaugura no início do segundo semestre a boate Capital Club, no Setor de Oficinas Sul, em Brasília. A casa terá capacidade para atender até 1 mil pessoas e contará com mix de estilos musicais (pop, house e sertanejo). A Capital Club deve abrir às sextas e aos sábados, além de dois domingos por mês. Durante a semana, às quintas-feiras, o local oferecerá uma noite de sertanejo focada no público LGBT. “Essa última ideia é inspirada no fervido Boteco do Massay que rola em São Paulo”, explica Bruno.



O line-up terá curadoria especial e receberá DJs nacionais e internacionais, além de quatro residentes. “Já temos duas festas internacionais de música eletrônica confirmadas para o segundo semestre”, antecipa Bruno. “A balada de abertura terá a participação de um DJ internacional.



Com projeto assinado pela arquiteta Mônica Meurer, a nova casa seguirá uma linha contemporânea com fachada e iluminações poderosas, além de detalhes em cimento queimado, preto e muito dourado. “O ambiente será glamouroso com um grande bar principal, camarotes, palco de 25 metros no piso inferior. E lounges com bar e banheiros exclusivos no andar superior”, revela a responsável pela obra. Uma grande área externa com jardins verticais também está prevista.

O clube contará com uma série de serviços focados no público formador de opinião. A entrada custará entre R$ 20 e R$ 50. “Vamos trabalhar com venda de convites e combos de bebidas antecipados”, diz Bruno. Um grupo de promoters, que atende a diferentes tribos da capital, vai atuar nas listas da casa. São influenciadores digitais, estudantes e figuras conhecidas da noite brasiliense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário